«Estamos perante uma grande oportunidade para o Arsenal do Alfeite ter um futuro promissor»

18-05-2018

«Este acordo nasceu em torno da necessidade de capacitação do Arsenal do Alfeite para a reparação do submarino Arpão, e por sugestão do próprio estaleiro alemão, o acordo foi alargado aos navios de superfície», afirmou o Secretário de Estado da Defesa Nacional, Marcos Perestrello, em declarações à agência Lusa.

O Secretário de Estado referia-se ao acordo de cooperação tripartido assinado entre a Marinha, o Arsenal do Alfeite e os estaleiros alemães tkMS que prevê formação, intercâmbio de pessoal e a modernização tecnológica e logística, visando ganhar mais capacidades e clientes.

«Estamos perante uma grande oportunidade para o Arsenal do Alfeite se modernizar e ter um futuro promissor», sublinhou o Marcos Perestrello, acrescentando que esta parceria «traz também fortes responsabilidades ao Estado», acionista único do Arsenal do Alfeite.

O Secretário de Estado referiu ainda: «Foram realizados, este ano, investimentos de 3,5 milhões de euros na formação de pessoal, aquisição de equipamentos e modernização oficinal e na empreitada que está prestes a começar de dragagens do acesso à sua doca».

«Este acordo representa uma oportunidade enorme de modernização, de aumento da sua capacidade de angariação de clientes e da sua capacidade de resposta às necessidades da própria Marinha», reafirmou. Ao abrigo do acordo assinado, que é válido por cinco anos, a Marinha portuguesa contratará ainda em maio ao fabricante tkMS a reparação intermédia do submarino Arpão, que será iniciada no outono, nas instalações do Arsenal português. 

Por proposta da empresa alemã, fabricante dos submarinos portugueses, a parceria para dotar a Arsenal do Alfeite de competências na manutenção e reparação dos submarinos em Portugal poderá ser alargada à construção, manutenção e reparação de navios de superfície e respetivos sistemas.

O primeiro submarino reparado nos estaleiros do fabricante alemão deverá chegar à Base Naval de Lisboa no início de julho. 

Voltar à listagem