I+D+i

 
 

A possibilidade de colonizar os mares e oceanos representa um passo importante na exploração e gestão sustentável dos recursos marítimos do nosso planeta. Com a crescente procura de energias renováveis offshore e com a necessidade de afastar a aquacultura existente das zonas costeiras, dada a poluição local associada, é imperativo criar infra-estruturas que suportem estes tipos de exploração em localização e ambiente marítimo offshore dando especial atenção ao ordenamento marítimo, sustentabilidade ambiental e viabilidade económica.

 

Sobre estas premissas, propomos um conceito de uma Plataforma Offshore Multi-Usos como sede comum de exploração de parques de energias renováveis das ondas e/ou eólica, exploração de aquacultura, monitorização ambiental, I&D, soberania Nacional e outras actividades offshore que sejam passíveis de coexistirem e serem contributo para o aumento do conhecimento dos mares e oceanos. Para ser instalada em locais cuja profundidade seja superior a 50m, a solução proposta é uma plataforma semi-submersível com um payload de 600 toneladas. Pode ser completamente construída / montada em terra e rebocada para a sua localização final, com significativa redução de custos de instalação.

 

A plataforma pode ter vários layouts com áreas dedicadas para trabalhos no convés, gruas offshore, acessos para equipamentos e pessoal, silos de ração e heliporto. Este novo conceito permite um desenvolvimento eficaz das diferentes áreas de negócio coexistindo em ambiente offshore, minimizando o impacto ambiental com grandes benefícios económicos no investimento da infra-estrutura e sua gestão.