Arsenal do Alfeite, S.A.

O Ministério da Defesa Nacional, através do Decreto-Lei n.° 33/2009, de 5 de Fevereiro, estabeleceu a extinção do Arsenal do Alfeite, com vista à sua empresarialização.

Sucede, então, a Arsenal do Alfeite, S.A. constituída sob a forma de sociedade anónima, com capitais exclusivamente públicos, a qual integra a IdD – Portugal Defence, cuja missão atribuída no âmbito da Economia da Defesa Nacional, gere as participações públicas do setor da defesa, viabilizando a efetiva autonomia e capacidade de cumprimento das missões das Forças Armadas, para além de fomentar o desenvolvimento de clusters nas áreas da construção e reparação naval, comunicações, sistemas avançados de simulação e treino e setor aeroespacial, na sua vertente de internacionalização.

A Arsenal do Alfeite, S.A. inicia a sua atividade no dia 1 de Setembro de 2009, tendo na sua génese a necessidade de criação de uma entidade de referência na indústria naval, tanto a nível nacional como internacional, imposta pela evolução tecnológica deste setor.

Esta empresa compreende uma área de 36 hectares de implantação englobada na Base Naval de Lisboa, que se situa na margem Sul do rio Tejo. Dedica-se, principalmente, à satisfação das necessidades de construção, manutenção e reparação naval da Marinha Portuguesa, de outras Marinhas da Nato e comerciais, utilizando avançadas tecnologias, nomeadamente, nas áreas da eletrónica, da optrónica, do armamento, da mecânica e da eletrotecnia.

Dispõe ainda de um sistema de gestão da qualidade, certificado segundo a norma ISO 9001:2015, e um conjunto de laboratórios de ensaios e calibrações acreditados pelo Instituto Português de Acreditação, segundo a norma NP EN ISO/IEC 17025. Importa destacar, igualmente, a sua capacidade na área de estudos e projetos de novas embarcações, modificações e conversões, bem como em consultoria e prestação de serviços industriais especializados.